Novo vídeo do ator Gabriel Fuentes exibindo a piroca grossa

Novo vídeo do ator Gabriel Fuentes exibindo a piroca grossa. Além de ser muito gostoso, ter o corpo sarado e uma piroca enorme, o famoso mostrou que está cada vez mais deliciosos e é impossível não sentir tesão nele.

No vídeo, Gabriel Fuentes aparece pelado como veio ao mundo, exibindo a piroca grande, grossa e os testículos que também são grandes. Recomendamos assinar todo o conteúdo do ator no OnlyFans. Os nudes te deixarão com muito tesão e você vai gozar muito.

One thought on “Novo vídeo do ator Gabriel Fuentes exibindo a piroca grossa

  1. Eu queria ter um marido ou um namorado com saúde bonito gostoso do pênis grande e grosso dos volumosos bagos para eu chupalo e da meu ânus para ele já um homem branco ou negro preto não me importo com cor de pele tem que ser carinhoso educado romântico simpatico E que seja um pouco ciumento para provar que me ama de verdade e tem que me fazer gemer de tesão e prazer e por na minha baquinha para chupalo deitado virado por lado do pênis dele e cuxilar o mamando gostoso homem como já fiz quando eu tinha meus 25anos de idade na casa de um homem branco com a aparência de homem e com o negro quando eu me vestir de mulher e fui para o barzinho a noite com o Sérgio Frontizek com que morei pai de santo do candomblé no bairro Jatobá no Itaipu na favela e eu tinha o conhecido no supermercado Carrefour no bairro Cidade Jardim Belo Horizonte e fui mora com minha colega Elaine e ela com o filho dela que tinha um ano o James filho do James de Lagoa Santa que conhecemos na parada do orgulho gay de Betim. Com o Sérgio brincamos minuto conheci muitos homens que gostam de homens casados com mulher e com filhos não assumidos com bissexuais e com alguns que ele me levava pra casa dele que eu acordava com ele me chamando e dizendo eu trose pra você eu transei e deixe um até gosa dentro do meu cu e em pé e debaixo do chuveiro mais fiquei com medo dele ter aidis e me aduentar pedir para ele tirar e parar de gossa no meu cu que ele fosse embora que eu não queria mais mesmo ele sendo bonito e branco da cabecinha do pau rosa .Eu um dia chupei o neguinho marido falaria que trabalhava comigo e com o Sérgio na Real Alimentos Granja Brasília onde mantam frangos e o pênis dele estava com gosto doce eu me levantei e ele me beijou a Boca enquanto o esposa dele conversava com o Sérgio na sala ele foi atrás de mim na área de tanque.Eu quando fui travesti deixei um homem que conheci no bar que me levou pra casa dele tirar a camisinha e eu falei sem camisinha não ele pegou a camisinha que ele tinha tirado e judaísmo chão de volta e pos e com isso depois que fiz exames de sangue eu descobrir que ele tinha me passado sífilis e pois disso mais um vez a mesma doensa de outro e eu tinha deixado um negrão gosa nós meus peitihhos de hormônio pelutam deitro do banheiro da Real Alimentos em Ibirité que eu apliquei nas adegas dos meus 30 anos mais 33 anos de idade eu depois de uns tempos que eu ja tinha saido da Real Alimentos em Ibirité coheci um negro de uns 24 anos que passava na praça onde eu ia e ficava hora lá esperando pasa um homem que quise ficar comigo ele passou eu o perguntei deixa eu chupa seu pau ele disse deixo você vai me deixa comer seu cu eu falei sim ele é eu fomos pra frente de uma casa e num beco de um portão e eu me sentei no pênis dele fora da bermuda dinz e saiu um rapaz da casa e disse o que é isso aqui nós corremos e Gomes pra um lugar onde ele me levou no escuro atrás de u as casas num moro uma moita de nata e me puxou os cabelos meu que eram compridos e me fudia de doer e de tesão eu falava vc está me estrupando e eu me deitei no chão de terra e ele gossou dentro de mim só que quando nós estamos indo pra lá eu prefiro você tem alguma doensa ele disse não mais se você tiver eu ti mato eu dois dias depois fiz outro enxame de sangue não deu nada ele tinha falado a verdade.Eu e o Jorge e a Keila , o filho deles de 7 anos de Esmeralda
    fomos juntos para Ouro Preto pra ficarmos três dias ele se acumulava pra mim tiha ciúmes de um homem que conversava comigo no bar a noite fomos embora pra pousada e a noite na hora de dormir ele ficava de cueca ele pegou no pau , foi deitar e se virou pro meu lado na mesma cama que estava ele é a Keila e o Samuel filho deles o Sérgio em outra cama eu me levantei fui até ele tirei o pênis dele pra fora ajoelhado perto da cama e o comessei chupalo a Keila não estava dormido e se levantou da cama me chamou de puta, safada, disse a Jorge vc é outro safado vc estava gostando eu já confiava que tivesse rolando um clima entre vcs dois eu eles se levantaram eu foram por banheiro trazarem, eu me levantei fui lá pra baixo dos quartos da pousada me deitei numa mesa e ele quando terminou com a Keila no banheiro foi ele desceu, balançou a cabeça para baixo pra mim ,eu fique sem palavras calado sem graça e triste com eles os dois por terem se desfeito dos meus sentimentos e fomos embora de carro pra casa do Sérgio quando estávamos no carro do Jorge que tinha 40 anos falei por Sérgio quando nós chegarmos em casa vou ir pra parada do orgulho gay de BH só pra ver se ele tinha ciúmes de mim, fava alguma coisa pra mim não ir .Quando nós chegamos em casa que eles tinham ido embora o Sérgio disse a Keila não queria que ele trose vc nós mesmo carro que ela mais ele o Jorge disse que não irá fazer secagem com vc que isso era maldade, o Sérgio disse ainda ele transaram e quando o Jorge sua do banheiro ele estava de pau mole grande, eu disse que eu podia ter ficado no quarto pra eu ver que eu não vi a grosura nem o tamanho pois eu o chupei no escuro debaixo do cobertor.Eu depois de um dia eu já estava com saúde de pênis do Jorge dele e conversar comigo, de vontade de da o cu , chupar ele outra vez eu já estava apaixonado por ele é sentindo falta dele como do wendrec Jorge Mendes o repositor do hortfrut do supermercado Moroni3Anchieta Belo Horizonte que também tinha me dado o pênis duro dele pra mm o chupar umas três vezes , tiha gosado uma vez dentro da minha boca que ele pediu atrás da Câmara de frios se ele podia gosa na minha boca eu cospi no chão, passei o pé encima pra ninguém ver , um dia ele queria comer me vi eu o deixei que gosace na minha bunda, eu falei sem camisinha não, ele é mesmo em me deixa gosa na sua bunda , fui limpar no banheiro.Eu dois dias depois vi escrito na parede de tábua do vestiário onde trocávamos de roupa escrito gozar e uma arte profunda vc ler , eu gozo na sua bunda otário eu fui , falei com ele que já que ele pesava isso de mim eu não iria ficar com ele mais ele falou não fui eu Ale eu falei foi sim o único que iria escrever isso é vc mentiroso eu falava tudo pro Sérgio , ele falou se alguém pagar vcs trazendo na empresa vai mandar vcs dos embora por justa causa eu disse já parei não fico mais por mais que isso vá me entristecer, quando aí embora e ele me via ele pegava outro ônibus com vergonha, medo de mim e as pessoas nós e tem juntos, uns dias que eu estava pegando trabalho de manhã ele pasava por Mim na rua e não me esperava, eu o chamava seu viado, bichinha ,ele continuava andando nem olhava pra trás ou me repodia, um ele colocou o pênis duro pra fora na minha frente eu estando ajoelhado na frente do armário de roupas dos funcionários, falou tão é todo seu eu o empurei porque tive medo do gerente ver que era do lado da sala dele o de algum outra pessoa ver e cotar , eu e ele perdermos dois anos de trabalho ele me suava eu contei pra três colegas minhas sobre nós dois , uma que tinha não passado na experiência contou pra ele antes de ir embora, ele do até mim me tentou enforcar, falou vc conto pros outros só não ti mato porque eu gosto de vc ele me perguntou pra quantas pessoas vc conþou eu falei pra Sabrina da padaria , outras duas ele pegou o facão, de descascar mandioca e bateu na lixeira de prático e cortou a lixeira e ficar os colegas dele os pedreiros pedindo pra ficar comigo, eu chupei o Geisel só que eu não gostei pois estava duro na cabecinha de pora seca e não endureceu, ele veio até mim, falou que estava triste comigo, falei pra ele o Luís pede pra mim ir com ele por motel mais eu não quero quem eu quero não me pede pra ir pro motel pra sai comigo , eu que namorar com ele é ele falava eu quero que a Samara me ame eu escrevi carta de amo pra ele colocava dentro da porta do armário dele falei uma vez que mulheres pra ele ouvir que eu tinha saido pra bar gay a noite no centro de BH e o rapaz tinha me pedido em namoro e eu tinha aceitado ele disse vc não sabe como vc me deixa sentido com vc por isso eu disso eu falei isso pra que elas parem de me perguntar o que nós dois temos um com o outro .Ele depois foi demitido, eu entrei com recição de contrato contra a empresa pra consegui sai da empresa sem pedir conta eu fui até o ministério do trabalho em BH e falei que eu era repositor de mercadorias no supermercado Morini e queria sai.Eu sai fiquei três anos e seis meses na Real escrevendo o nome dele na capa de pastico que ganharemos na empresa pra não no chegarmos de cocô, sangue e água suja de frango eu escrevia com um canetão para que as pessoas pensassem que eu não estava precisando do homens da empresa pra mim amar que eu já tinha quem amo e que me amava também mais eu me enganava eu mesmo e quando eu procurava pelo nome dele no facebook e eu o encontrava eu via fotos dele com a mulher dele do dia do casamento dele com ela na igreja evangélica, filhos dele, lembrava que ele fala o lê vc está triste comigo eu não posso namorar com vc minha namora está grávida de um menino, eu via os dois juntos com os filhinhos eu pega fotos dele sozinho ir até a lamrauce mexer no computador asesava o facebook, pedia pra imprimir fotos dele pra mim fazer quadros, guardar as fotos eu peguei um quadro antigo do Sérgio que ele deixou eu usar pra colar um foto do Wendrec ele me via triste chorando de saudades dele sofrendo e ele nunca mais eu iria ver mesmo ele morando num bairro um pouco distante do nosso no vale Jatobá perto JATOBÁ IV onde morei com minha mãe i meu irmãos e o Jatobá Itaipu .Quebrei um espelho na cabeça do Sérgio cortou o dedo da mão dele sangrou a casa toda ele me perguntou se eu iria com ele no hospital de Ibirité eu disse não vó ficar em casa limpando o sangue ele pediu não chama a polícia se não os bandido
    nos estudam da minha casa ele foi eu chamei ele disse eu falei isso nós resolvemos falei pra ele que eu disse para a polícia que ele estava me batendo me dando socos eles disseram que gente estávamos casados nós não separamos mais.
    O Sérgio nós brigamos eu nunca tirei sangue em vc, vc não teve dor de mim não pensou duas vezes eu e vc não podemos moramos juntos mais vou toda um dinheiro de passagem pra vc ir embora pra casa da sua mãe, me eu vinte reais, falou eu te sustentei um ano desempregado agora vou chamar a Travesti da Regina ela está trabalhado de camareira no motel e mora de aluguel vc vai falar com ela pra me da banho quando eu estiver bêbado e arrumar a casa como vc faz eu fui até a janela da casa dela e falei com ele , ela nem disse nada, pra alguém como ele que já tinha brigado comigo, pegado a faca pra mim depois deu esta lavando vasilhas, ela me ligar ceveja nas costa eu sercar ela e dizer você não vai embora nós rolando no chão puxando os cabelos uma da outra ela dizia que não estava mas de mim, dizia vou rasgar essa bicha com a faca e beber o sangue dela eu corri porque ela pegou a faca o Sérgio incorporado com menino de Angola chutava nós pra brigamos mais, fui pra casa de um homem negro drogado e alto ex colega do Meu irmão Marcos Magno ele tentou me agarra pra fazer putaria comigo eu já na casa dele suja sem cama e sem móveis as paredes queimadas fui pra rua esperei amanhecer, voltei pra casa do Sergio ele é ela tinham durmido juntos , eu vi de cima do muro , deci, esperei ela ir embora, ela tinha julgado minha roupas no chão , tinha rasgado outas ,julgado minha bunecas bebês carecas, um vestida de menina, a outra de menino, os meus desodorantes nbarranco do lado da casa onde é os trilhos do trem e tinha jugado o guarda roupas no chão, a cama também e até as gavetas dacomoda , o Sérgio disse que ela queria por fogo, chama os traficantes, ele não deixou a Regina fazer isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *